41 3362-9438 41 3362-9595 41 99125-9595


 Inspirada num dos contos mais populares da literatura universal, a Cia. do Abração coloca em cena o espetáculo para crianças de todas as idades “O Flautista de Ramelim”. A história é narrada, em forma de cordel, numa barraquinha de feira no interior do nordeste brasileiro

 



O Flautista de Ramelim” é uma adaptação abrasileirada do famoso conto alemão. Aqui, Ramelim é uma típica cidade no interior do nordeste brasileiro que, infestada por ratos, entra numa situação de emergência. Os moradores de Ramelim começam a cobrar que o prefeito Raimundo tome providências para sanar o problema da Cidade. Após várias tentativas fracassadas, o prefeito resolve contratar o misterioso Flautista Joaquim que se diz ser encantador de ratos, para resolver o problema, em troca de 100 moedas de ouro. O flautista leva todos os ratos para o rio, como o combinado, porém o prefeito não cumpre o acordo, menosprezando o trabalho do flautista.

A história é narrada em forma de literatura de cordel, típica do interior do nordeste. O narrador, um feirante que vive do ofício de contar histórias na sua barraquinha de feira, utiliza-se de utensílios domésticos, para contar a história. Com a técnica da abstração e manipulação de objetos uma colher de pau vira uma linda donzela, os ratos são sapatos e as crianças são representadas por flores, metaforizando a utilidade e o significado de cada objeto-personagem.  Além da exaltação da rica cultura nordestina, alguns temas são explorados na montagem e levados à criança: A importância de cumprir uma palavra dada, a valorização da arte e seu poder transformador numa sociedade, o respeito à pureza das crianças, e a situação da política brasileira com seus problemas éticos, morais e funcionais. Temas universais e atemporais tratados na história clássica, originária na Alemanha, mas recorrentes nos dias atuais na realidade brasileira.

O Flautista de Ramelim” é o nono espetáculo montado pela Cia. do Abração para crianças de todas as idades e se realiza com a parceria da Céu Vermelho Produções. A direção é de Letícia Guimarães e a interpretação é do ator Simão Cunha, que há alguns anos se dedica à pesquisa do Teatro para Crianças. Mesmo sendo um espetáculo solo, o texto foi produzido em processo colaborativo pelos atores da Cia. do Abração, com supervisão de dramaturgia de Letícia Guimarães.

Histórico do Espetáculo:

2014

Agosto – Estreia no "Festival Era uma vez, eram duas...eram três" da Montenegro produções.

5 apresentações na Sala Raul Cruz, Cia. do Abração, em Curitiba.

Outubro – Festival Pequeno Grande Encontro de Teatro para Crianças de Todas as Idades, no Teatro Guaíra, em Curitiba.

Dezembro – SESC Ivaiporã.

2016

Junho – Selecionado para ocupação do Teatro Municipal de Paranaguá - PR

ASSISTA AO VÍDEO