41 3362-9438 41 3362-9595 41 99125-9595

E hoje começam as apresentações da Cia. do Abração no 32º Festival de Teatro de Cascavel!



Nessa semana a Cia. do Abração vai participar do 32º Festival de Teatro de Cascavel com ''Estórias Brincantes de Muitas Mainhas'' e ''Pelas Mãos de Maria ou As Vozes de Simone''. Atente para as datas e horários para não perder nada!

Começamos o Festival com ''Estórias Brincantes de Muitas Mainhas'', onde três simpáticos velhinhos contadores de estórias, movidos pelos sentimentos de saudades e lembranças, falam sobre suas próprias mães e sobre as diferentes mães que conhecem.

Embasado em obras literárias nacionais, o grupo de pesquisa e encenação da Cia. do Abração, fundamentado nos princípios sócio-construtivistas que norteiam sua pesquisa, propõe a realização de um espetáculo sob as técnicas da contação de estórias e abstração e manipulação de objetos. O foco temático apresentado na peça é a relação entre mães e filhos, as diferentes relações que se podem estabelecer neste mesmo binário, ressaltando o respeito que devemos ter pelas diferenças individuais de cada ser humano, quer seja ele mãe ou filho.

Três simpáticos velhinhos que adoram contar estórias, um para o outro e, do seu jeito, trarão ao espectador alguns contos da literatura nacional, dirigidos à criança. Nossos contadores de estórias, divertidos e ingênuos velhinhos se confundem, brincam e se emocionam com a pureza própria de uma criança.

SERVIÇO
ESTÓRIAS BRINCANTES DE MUITAS MAINHAS​


DATA: 10/10/18 e 11/10/18
HORÁRIOS: sempre às 10h e 14h
INGRESSO: 1kg de alimento não perecível (sugerido e não obrigatório)
LOCAL: Teatro Municipal de Cascavel - Sefrin Filho
END: R. Rio de Janeiro, 905 - Centro, Cascavel/PR
CLASSIFICAÇÃO: Livre para todas as idades
 

E no sábado é a vez de ''Pelas Mãos de Maria ou As Vozes de Simone'', espetáculo que narra uma passagem fictícia, em plena ditadura militar, nos anos 70, numa pequena cidade do interior brasileiro, onde algumas mulheres recebem uma estranha encomenda do quartel militar: costurar e bordar uma bandeira brasileira para ser exibida na parada do dia seguinte.

São mulheres simples. A encomenda tem caráter de urgência e elas têm apenas uma madrugada para executar o serviço. A bandeira deverá ser entregue logo pela manhã do dia seguinte.  O fio condutor é estabelecido pelo coser de uma “bandeira”, por três mulheres, como elemento de ligação e mediação das representações simbólicas, focado numa discussão dos fundamentos das relações sociais e de gênero na contemporaneidade. É dizer das trocas realizadas no âmbito das instituições públicas e privadas da vida social.

Assim, a história busca abordar o imaginário coletivo humano, as contradições manifestadas no coser da bandeira, simbolizando um território de pertencimento/despertencimento comum e contraditório, mediado e interligado pelo coser daquelas mãos de Maria e entoados pelas vozes de Simone. A mulher comum, a mulher do povo, representada pelas mãos de Maria e a mulher que grita e se coloca, representada pelas vozes de Simone.   

SERVIÇO
PELAS MÃOS DE MARIA OU AS VOZES DE SIMONE


DATA: 13/10/18
HORÁRIO: 20h
INGRESSO: 1kg de alimento não perecível (sugerido e não obrigatório)
LOCAL: Teatro Municipal de Cascavel - Sefrin Filho
END: R. Rio de Janeiro, 905 - Centro, Cascavel/PR
CLASSIFICAÇÃO: 14 anos
 

Para conhecer o resto da programação do Festival acesse http://secespcascavel.com/32o-festival-de-teatro/. Nos vemos lá!